15 agosto 2015

A espera




Foto de Mário Vinagre.                               


Mário Vinagre
"Querido dono, faz hoje três dias que te esqueceste de mim aqui amarrado a uma árvore. Espero que esteja tudo bem contigo e que me venhas buscar assim que possas. Está muito calor e eu tenho sede, não bebo nada desde que me trouxeste a passear. Tenho fome também mas já comi umas ervas que sabiam mal. Estou preocupado que te tenha acontecido alguma coisa e que eu aqui preso não te possa salvar! Passou por aqui um coelho que me disse que tu não te tinhas esquecido de mim mas que me tinhas abandonado de propósito, como tantos donos fazem agora que o verão começou e querem ir de férias à vontade. Eu rosnei-lhe e disse para se calar! Ele não sabe o que diz! Eu sei que tu eras incapaz de me abandonar... não eras? Eu sei que dava trabalho, que às vezes me portava mal e não aguentava passar um dia sozinho em casa sem ir à rua e acabava por fazer no chão da cozinha. Tu ralhavas muito comigo e até me batias e embora não tivesse feito por mal eu sei que a culpa era minha. Sei que às vezes estava frio e eu demorava muito tempo quando me levavas à rua. Sei que quando nasceu o bebé me passaste a dar menos atenção mas eu não levei a mal, compreendo, ele é teu filho e é como se fosse um irmão para mim. Sempre fui um bom irmão para ele, lambi-lhe as feridas e protegi-o do aspirador mesmo que ele me metesse medo com aquele barulho ensurdecedor. Lembro-me bem de quando era pequeno, que me deixavas aninhar no teu peito e dormir no teu quarto. Que dizias a toda a gente que eu era um cão muito fofinho! Com o tempo foste-te afastando um pouco de mim, mas eu compreendo, estavas cheio de trabalho e chegavas a casa cansado e a querer estar sozinho. Eu tentava brincar contigo para te animar mas tu mandavas-me calar e ir para a minha cama, que agora já era na varanda. Uma vez eu não obedeci e tentei brincar mais contigo, ladrei e tudo para entrares na brincadeira e tu bateste-me. Deste-me um pontapé no focinho com muita força. Doeu-me muito e fiquei meio desorientado... não te guardei rancor, passados 5 minutos estava a pedir-te desculpa e tu não quiseste saber de mim. Só me levaste à rua no dia seguinte e eu aguentei até lá! Fui um bom cão, não fui? Peço desculpa se às vezes fui demasiado irrequieto, se pulei demais quando chegaste a casa e te cravei as unhas nas pernas, mas como um cão meu amigo uma vez me disse "Se quem tu amas entra numa sala de cinco em cinco minutos, deves ir cumprimentá-lo e mostrar de gostas dele da mesma forma eufórica de cada uma dessas vezes". Se me vieres buscar vou-te receber de patas abertas, vou-te lamber a cara vezes sem conta e ser o melhor cão que um dono pode pedir. Por favor não demores muito, não sei quanto tempo mais consigo aguentar, já sinto o frio mesmo com este sol abrasador.

Do teu melhor amigo, Cão"

21 dezembro 2014

Boas Festas

Desejo  a todos  um Feliz  Natal  e  um bom 2015 cheio  de saúde e alegrias.

28 novembro 2014

Está a chegar o dia.

Está a chegar o dia que hoje tem pouco significado a não ser para economia e o egoísmo.  Tentem serem felizes e fazer alguém feliz. 



Um video de Jota A e Michely Manuely muito interessante.




15 outubro 2014

Acima de tudo o amor por eles.


Infelizmente tem que ser com punições para se gostar e respeitar os nossos eternos amigos.
Ainda bem.

30 abril 2014

A tradição das Maias

Não esqueçam de colocar as maias nas portas e janelas 




"De um modo geral, o cenário das várias celebrações cíclicas compreende cerimónias de véspera. A colocação de giestas faz-se no dia 30 de Abril para que as casas estejam floridas no momento em que começa o dia, para o «Maio», o «Carrapato» ou o «Burro» não entrarem. O «Maio» ou o «Burro» são entidades nocivas, cujo malefício se pretende conjurar com ma oposição de flores ou a manducação de certas espécies."  Fonte :Município de Mirandela  

"A giesta (Cytisus striatus) é uma planta arbustiva com 1 a 3 metros de altura, com ramos abundantes, estriados e flexíveis. Folhas constituídas por três folículos que aparecem na base dos ramos e caiem rapidamente. Flores solitárias nas axilas das folhas, com cálice em forma de campânula, cinco pétalas, amarelas, de grande tamanho. O fruto é uma vagem completamente coberta de pelos acinzentados e arredondada, com até 3,5 cm de comprimento." fonte 

25 abril 2014

Ilusões

É preciso ter cuidado por não cairmos em ilusões, por vezes são difíceis  de curar .










20 abril 2014

Pascoa Feliz

O segredo 




E cuidado com os doces e muito principalmente não dêem chocolates aos vossos cães, isso pode causar a morte.  
Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!

Últimos Comentários

WALLPAPERS


Imagens para fundo de trabalho (DESKTOP WALLPAPERS)